ARCADIA GROUP, GAP INC., INDITEX E H&M GROUP, BENEM MOHAIR APÓS EXPOSIÇÃO DA PETA

 

Para divulgação imediata:

Maio 2 2018

 

Contacto:

Sascha Camilli +44 (0) 20 7923 6244; [email protected]

 

ARCADIA GROUP, GAP INC., INDITEX E H&M GROUP, BENEM MOHAIR APÓS EXPOSIÇÃO DA PETA

A primeira investigação testemunhal de sempre da indústria mohair mostra trabalhadores a matarem e mutilarem, lentamente, cabras em sofrimento

 

Lisboa – um supreendente video expositivo da PETA realizado da indústria mohair na África do Sul – a fonte de mais de 50 por cento da mohair em todo o mundo – conduziu vários retalhistas internacionais de topo, incluindo o grupo Arcadia, a Gap Inc., a Inditex e o grupo H&M, a banirem a mohair.

 

A investigação da PETA Ásia, a qual foi a primeira do género e engloba 12 quintas visitadas em janeiro e fevereiro, deste ano, revelaram trabalhadores arrastando cabras pelos cornos e pernas, erguendo-as do chão pela cauda, o qual poderia quebrar as suas colunas. Cabras infantis a serem tosquiadas pela primeira vez baliam de pânico. Depois, os trabalhadores lançavam-nas pelo chão. PETA E.U.A. está a inquirir agências legislativas para investigar e apresentar as apropriadas queixas, uma vez que o grupo crê estarem presentes violações ao Acto de Proteção dos Animais da África do Sul, de 1962.

 

“Cabras bebés foram deixadas a chorar de dor e medo no chão de cisalhamento, para as camisolas e lenços da mohair,” diz o director de programas internacionais da PETA, Mimi Beckechi. “A PETA urge os consumidores a verificarem cuidadosamente as etiquetas das roupas, e se um item diz que contém mohair, para deixar na prateleira.”

 

A PETA – em cujo moto se lê, em parte, que “animais não são nossos para nos vestirmos” – nota que os ouvidos sensíveis de muitas cabras foram mutilados com alicates, o que deixou os animais a gritarem de dor. Os tosquiadores – pagos pelo volume e não à hora – trabalharam rápida e descuidadamente, deixando as cabras com golpes e a sangrar, e rudemente as coseram sem lhes administrar qualquer sedativo.

 

Os agricultores admitem que após tosquiar muitas cabras morrem de exposição ao frio e à chuva – comprovadas 40.000 que morreram por exposição a longo da África do Sul num fim-de-semana apenas. Cabras indesejadas também morreram de modos agonizantes: numa qiunta, um trabalhador cortou as gargantas de cabras, totalmente conscientes, com uma faca romba e depois partiu-lhes o pescoço, arrancando de seguida a cabeça do animal. Outras foram rebocadas para um matadouro, onde foram eletrocutadas, penduradas de cabeça para baixo e golpeadas no pescoço.

 

O grupo Arcadia não irá adquirir mais mohair, de qualquer uma das suas oito marcas, as quais incluem Topshop e Miss Selfridge, e a Gap Inc. não obterá mais qualquer produto mohair para a Gap e as suas outras marcas. As sete marcas de vestuário da Inditex, as quais incluem a Zara, e as setes marcas do grupo H&M serão livres de mohair a partir de 2020.

 

Para mais informações, por favor visite PETA.org.uk.

 

#