Conselho urgente: Coronavírus e animais de companhia

 

Para divulgação imediata:

26 de março de 2020

Contacto:

Sascha Camilli +44 (0) 20 7923 6244; [email protected]

CONSELHO URGENTE: CORONAVÍRUS E ANIMAIS DE COMPANHIA

PETA oferece dicas sobre como cuidar de gatos e cães durante quarentenas de COVID-19

Lisboa – Embora expertos da Organização Mundial de Saúde e os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, entre outros, concordem que gatos e cães não estão em risco de contrair COVID-19, ou transmiti-lo aos humanos, a PETA está a oferecer informação sobre as melhores maneiras de manter os animais de companhia e os seus guardiões seguros e saudáveis ao longo deste surto sem precedentes. Poderia partilhar esta informação com o seu círculo? Ao fazê-lo poderá salvar uma vida.

  • Nunca ponha máscaras de rosto em animais, uma vez que podem causar dificuldades respiratórias.
  • Permita a circulação normal do animal em sua casa – não os enjaule ou encurrale.
  • Se uma pessoa infetada acariciar um cão ou gato e deixar o coronavírus no pelo do animal, isso não é diferente de quando é deixado numa maçaneta, num corrimão, na mão de outro humano, ou em qualquer outra superfície que um infetado tenha tocado. A PETA urge a que os guardiões se protejam e aos seus animais de companhia, tomando as precauções básicas: se não lhe aperta a mão, então essa pessoa também não deveria acariciar o seu cão ou gato.
  • Não acumule desnecessariamente – uma vez que isso poderá resultar na falta para outros – mas planeie antecipadamente e assegure-se que tem alimentação e medicamentos (se necessários) adequados para os seus animais de companhia (aproximadamente o suficiente para duas a três semanas).
  • Auxilie vizinhos que talvez não possam comprar para os seus animais de companhia e doe a bancos alimentares comida para animais de companhia.

“Os nossos cães e gatos contam que tomemos conta deles todo o ano, especialmente em tempos de crise”, diz a diretora da PETA, Elisa Allen. “A PETA está a pedir a todos que se assegurem que os seus animais estão ainda a receber comida saudável, bastante exercício e muito amor.”

A PETA – cujo lema diz, em parte, que “os animais não são nossos para os abusar de qualquer modo” – opõe-se ao especismo, o qual é uma visão do mundo de supremacia humana. Para mais informação, por favor, visite PETA.org.uk.

#