O SETOR DA LÃ ESTÁ NA MIRA DA PETA APÓS NOVAS DENÚNCIAS DE MUTILAÇÃO DE OVELHAS EM EXPLORAÇÕES

 

Para publicação imediata:

21 de novembro de 2018

Contacto:

Sascha Camilli +44 (0) 20 7923 6244; [email protected]

O SETOR DA LÃ ESTÁ NA MIRA DA PETA APÓS NOVAS DENÚNCIAS DE MUTILAÇÃO DE OVELHAS EM EXPLORAÇÕES

Duas novas investigações da PETA Ásia revelam ainda mais abusos horrendos e generalizados no setor da lã

Lisboa – Dois novos vídeos de denúncia da PETA, gravados em explorações de ovelhas nos estados australianos de Nova Gales do Sul e Victoria, mostram trabalhadores a bater na cara de carneiros aterrorizados, deliberadamente mutilando-os e cortando as suas gargantas enquanto estes estavam totalmente conscientes.

Um dos vídeos mostra o responsável de uma exploração a cortar pedaços de carne da parte traseira dos cordeiros com tosquiadeiras, enquanto os animais se contorcem e choram de dor. Mostra, igualmente, trabalhadores a cortar e a queimar as suas caudas com uma faca quente sem analgésicos. Um segundo vídeo, filmado por uma testemunha ocular da PETA Ásia, revela ainda mais abusos: tosquiadores são vistos a bater nas caras das ovelhas com tesouras de metal afiadas, a joelharem-se nos seus estômagos e a atirá-las de um lado para o outro. Um trabalhador gabou-se de uma vez “ter batido numa [ovelha] com tanta força que ela desfaleceu. F*d*-lhe a mandibula com um pouco de força a mais”.

“A PETA e os nossos afiliados internacionais já revelaram a extrema crueldade contra as ovelhas em 99 operações em quatro continentes. Mostrámos que as ovelhas são espancadas, pontapeadas, atiradas contra o chão, cortadas e mutiladas e muitas vezes têm uma morte terrível – tudo por causa de um suéter”, diz a fundadora da PETA, Ingrid Newkirk. “A PETA apela a todos os cidadãos que se importam com os animais para mostrarem que se opõem a estes terríveis abusos ao não comprarem lã”.

A PETA Ásia pediu às autoridades australianas para investigarem estes casos face às violações da Lei de Prevenção de Crueldade contra os Animais de cada estado, e que apresentem as devidas queixas.

A PETA – cujo lema dita, em parte, que “os animais não são nossos para que os possamos vestir” – salienta que estes novos vídeos assinalam a 10a e a 11a denúncia global da indústria da lã, publicadas pela PETA ou suas afiliadas.

Para informações adicionais, por favor visite PETA.org.uk.

#