OS UNION J COMPRIMEM-SE NUMA BANHEIRA NO NOVA CAMPANHA PUBLICITÁRIA DA PETA CONTRA O SEAWORLD

 

Para publicação imediata:

24 outubro de 2016

Contacto:

Sascha Camilli +44 (0) 20 7837 6327, ext. 235; [email protected]

OS UNION J COMPRIMEM-SE NUMA BANHEIRA NO NOVA CAMPANHA PUBLICITÁRIA DA PETA CONTRA O SEAWORLD

A banda apela aos fãs para boicotarem o parque aquático até que as orcas sejam libertadas dos tanques minúsculos e retiradas para santuários marinhos

Londres – Numa nova e poderosa campanha da PETA, os membros dos Union J amontoaram-se numa banheira para ilustrar como são minúsculos os tanques das orcas que se encontram aprisionadas no SeaWorld. O campanha publicitária impressa (disponível aqui) apresenta Josh, JJ, Jaymi e Casey – na sua primeira campanha juntos desde que Casey se juntou ao grupo – junto das frases “Imaginem passar toda a vossa vida numa pequena banheira. As orcas merecem nadar livremente. Boicotem o SeaWorld”.

Numa entrevista exclusiva à PETA, Josh afirma que o documentário Blackfish fez com que percebesse que “estes animais lindos e inteligentes não deveriam viver em cativeiro. Nenhum animal deveria viver em cativeiro”.

Depois de Jaymi ter visitado o parque aquático Loro Parque em Espanha – onde a PETA documentou o abuso infringido às orcas, que foram emprestadas por tempo indeterminado pelo SeaWorld – o Josh mostrou-lhe o documentário Blackfish e ele ficou igualmente horrorizado.

A banda faz notar que apesar do SeaWorld ter dado um passo na direção certa ao pôr fim ao seu programa de criação de orcas em cativeiro no início deste ano, isso não é suficiente. “[N]ão vamos parar até que todos os golfinhos, todas as orcas e todos os outros animais extraordinários sejam libertados em santuários marítimos”, afirma o Josh.

A PETA – cujo lema dita, em parte, que “os animais não são nossos para serem usados como entretenimento” – faz notar que em ambiente selvagem, as orcas partilham relacionamentos sociais complexos e atravessam mais de 160 quilómetros de oceano todos os dias. No SeaWorld, as orcas são enjauladas em grupos incompatíveis dentro de tanques minúsculos de cimento, nadam interminavelmente em círculos, partem os dentes ao mastigarem as barras metálicas do tanque e, frequentemente, é-lhes administrado o medicamento diazepam para gerirem o comportamento psicótico agressivo induzido pelo stress.

Os Union J juntam-se a uma longa lista de celebridades – incluindo Sir Roger Moore, Krysten Ritter, Jason Biggs, Joanna Krupa, Lily Tomlin, Joan Jett e Tommy Lee – que se juntou à PETA para condenarem os parques de abuso que mantêm mamíferos marinhos inteligentes em cativeiro.

Para mais informações, por favor, visite o website da PETA US em SeaWorldOfHurt.com.

 

#