Paul McCartney Aborda a Experimentação em Animais Num Novo Videoclipe

 

Para divulgação imediata:

23 de outubro de 2019

Contacto:

Sascha Camilli +44 (0) 20 7923 6244; [email protected]

PAUL MCCARTNEY ABORDA A EXPERIMENTAÇÃO EM ANIMAIS NUM NOVO VIDEOCLIPE

‘Looking for Changes’ urge uma alteração para testes não-animais, que são mais confiáveis

Lisboa – A lenda dos Beatles, Paul McCartney, acabou de lançar um novo videoclipe – um vídeo de animação da PETA para a sua música de protesto e hino antivivissecção de 1993, “Looking for Changes” (“À procura de mudanças”). A cantiga foi doada para a campanha da PETA para pressionar pelo fim de experiências em animais.

“Estou à procura de mudanças que continuarão o ímpeto de retirar os animais dos laboratórios”, diz McCartney. “Experimentações em animais são antiéticas – elas são falhanços colossais e uma perda de tempo e de dinheiro. Podemos e devemos fazer melhor.”

Provas publicadas no The BMJ (anteriormente conhecido por British Medical Journal) demonstram que 90% da investigação básica – da qual a maior parte envolve experimentos em animais – não conduz a tratamentos para humanos. Oficiais do governo dos EUA também admitem que 95% de todas as novas drogas que resultaram seguras e efetivas em animais falham nos testes humanos, quer porque simplesmente não funcionam, ou, porque provocam efeitos adversos.

Apesar disso, os investigadores recebem ainda bolsas para testarem em animais, de modo que seres vivos são encerrados em jaulas estéreis de laboratório, envenenados, queimados, cortados, traumatizados emocionalmente e infetados com doenças, enquanto sofrem de frustração e solidão extremas. Poucas experimentações – não interessa quão dolorosas ou irrelevantes – são proibidas por lei, e quase todos os animais usados em testes são mortos posteriormente.

McCartney faz parte de uma longa lista de músicos – incluindo Sia, Morrissey e Chrissie Hynde – que doaram as suas canções à PETA e aos seus afiliados internacionais. O mote do grupo afirma, em parte, que “os animais não são nossos para experimentar”.

A PETA opõe-se ao especismo, a qual é uma visão do mundo de supremacia humana. Para mais informações, por favor, visite PETA.org.uk.

#